terça-feira, 27 de abril de 2010

A praia

Sentado em frente ao mar
Sentindo no rosto o vento
Este lugar
Naquele momento

O vento em que escrevi a estória
No meu cabelo esvoaçante
Leva embora a memória
De um instante

O mar vem me contar
Que as pegadas apagadas
Ainda estão a me esperar
À areia apegadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário