quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Menos crença, mais atitude!

Não há cara mais foda que Jesus até hoje (William Wallace chegou perto apenas). Ele não veio aqui pra impor porra de religião nenhuma, muito menos para pregar nada; mas veio tão somente para nos orientar. É tão contraditória essa "obrigação" de sermos fiéis como as Igrejas dizem que devemos ser. Jesus veio apenas para nos mostrar que somos capazes de fazermos o que queremos, é só agir. Não estou falando de fazer milagres (o que, quando atingirmos um nível de evolução espiritual, será possível), mas de obtermos sucesso nas nossas tarefas, mudar a nossa realidade fática, criar algo. Moisés e Noé também foram exemplos dessa nossa capacidade de fazermos, de tornarmos algo real, o primeiro tomou as rédeas da liberdade de um povo e os conduziu por meio de um mar aberto (repito, não que sejamos capazes de milagres, muito menos abrir um mar ao meio) e o segundo criou uma mega arca para sobreviver a um dilúvio. Ainda que Deus tenha ajudado a todos eles, foi necessária a força humana para por em prática a vontade divina. William Wallace, Joana D'arc, Albert Einstein, Thomas Graham Bell, Thomas Edison, Alberto Santos Dumont, todos pessoas notáveis por seus atos, ideais, ideias ou invenções. O que eles tem em comum? Atitude! Eles não perderam tempo pensando "será que vai dar certo? Será isso em vão?"; não, simplesmente agiram, e o fizeram com extrema vontade de terem seus objetivos alcançados; não se renderam ao comodismo. Observe que até o próprio Deus teve a atitude de criar o universo. Sei lá por que; vai ver ele tava entediado e decidiu ocupar a mente com alguma coisa, e fez algo tão maravilhosamente e imensamente impossível que chega a ser inacreditável a natureza e a plenitude de Sua obra.
Portanto, ajamos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário